Notícias - Painel Temático – Ditadura Militar

???????????????????????????????Ontem (4) a unidade de Uberlândia finalizou uma série de encontros que fizeram parte de um painel temático sobre a ditadura militar. Os encontros foram realizados para alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio e para os estudantes do Pré-Vestibular com o objetivo de discutir os 50 anos do golpe militar com os jovens, tema recorrente em vestibulares e no Enem, mas, sobretudo, com o objetivo de “lembrar para não repetir”.

Entre os convidados, estiveram presentes Weber Abrão, especialista em História do Brasil; Márcio Alvarenga, produtor e apresentador da Rádio Universitária/UFU; Flávia Brito, professora de Direito na UFU e Afonso Lana, que lutou contra a ditadura, passou pela tortura, ficou exilado e hoje é professor de Artes Plásticas da UFU e compartilha sua memória de luta em palestras e encontros como este. Durante o evento foram discutidos aspectos políticos, econômicos e sociais da ditadura que estão relacionados com a atualidade, como por exemplo a  Comissão da Verdade,  a Caravana da Anistia e forma com que o Brasil e os demais países latino-americanos enfrentaram (e vêm enfrentando) esse período de redemocratização.

Afonso Lana compartilha sua história de ex-preso político.

A ideia de realizar o evento partiu do professor Cires Pereira, que leciona História no Colégio Nacional. Cires participa de um grupo de estudiosos de Uberlândia que se propõe a discutir vários temas como política, economia e sociedade no contexto da ditadura militar. “Foi um período de muito obscurantismo, muito retrocesso, de muita subtração das garantias e dos direitos fundamentais da pessoa e da coletividade. Portanto a sociedade brasileira esteve em refém de arbítrio e terror de estado. Durante esse período temos notícias, comprovações, de maus tratos, práticas de tortura, assassinato e outros crimes que, naturalmente, nos deixam bastante indignados”, afirma.

Sobre a participação dos alunos, Cires afirma: “Acreditamos que os alunos estão apostando nesse trabalho da escola. É importante para a escola possibilitar aos seus alunos a reflexão de todos os assuntos que tem a ver com o conhecimento, com a construção da cidadania.”

Conheça a história de Afonso Lana

“Lana viveu, de 1968 a 1979, um período de perseguição, tortura e exílio, por conta da participação nas manifestações dos estudantes que pediam o fim do governo militar que comandou o país entre 1964 e 1985. A história do artista se transformou no documentário ‘A luz que surgiu por trás da Colina’ (…)” (Fonte: Correio de Uberlândia)