Notícias - 10 anos de Simuna

???????????????????????????????Começou ontem a noite (22) a 10ª edição da Simuna (Simulação de Relações Internacionais do Colégio Nacional). Por volta das 17h, os membros dos comitês de Imprensa se reuniram para os últimos acertos. As 19h, todos foram direcionados às salas para a revisão de regras. Neste momento, os secretários e diretores entraram em contato direto com os participantes, relembrando-os dos procedimentos diplomáticos que haviam sido ensinados das aulas preparatórias.

A Cerimônia Oficial de Abertura começou às 21h. Em um primeiro momento, foi composta a mesa com a presença de professores conselheiros e organizadores, diretores das unidades e  personalidades convidadas. O ex-aluno do Colégio Nacional, advogado e candidato a prefeito da cidade de Frutal/MG, Caio Heitor Duarte, falou sobre os desafios de sua passagem pelo Naça e como a escola mudou a visão dele em relação a sua noção de liderança.

Os diretores Robson Carneiro e Wagner Machado fizeram falas que remeteram ao evento e em como ele vêm crescendo de sua primeira edição até esta. A Simuna surgiu em 2007 por intermédio de um grupo de estudantes do Colégio que já participava  ativamente de simulações internacionais na FAAP em São Paulo e que queriam promover esta experiência aos demais colegas. Segundo o professor Sandro Dias, a primeira edição contou com apenas 17 alunos, já esta, possui cerca de 300 participantes divididos em seis comitês.

O Consultor Pedagógico e sócio da escola, Thomé Caires, foi nostálgico em sua fala, chegando a emocionar a plateia e a mesa quando pediu aos ex-alunos presentes que se levantassem e fossem aplaudidos. Em conjunto com a Coordenadora de Projetos Sandra Nunes, Thomé anunciou a abertura simbólica da 20ª Simuna, convidando quatro crianças cujos pais estiveram à frente do evento desde as primeiras edições.

O Secretário Geral de 2017 da Simuna, Caio Rodrigues, realizou um discurso no qual discorreu sobre a importância dos temas que serão discutidos nos próximos dias e do próprio objetivo do evento que é colocar os participantes para vivenciar e defender outra cultura, de modo a aprender a respeitá-la. Interrompido no meio de sua fala por uma performance artística corporal de atores da cidade de Uberlândia, ao término, o Secretário Geral pode decretar a abertura da 10ª Simuna e comemorar, em conjunto com os participantes, o início de um grande evento em meio a um Coquetel.

Confira fotos do evento: