Notícias - Naça realizou Seminário Internacional de Educação Infantil com especialistas italianas

Você já ouviu falar de Reggio Emilia? Este é o nome de uma cidade com aproximadamente 170 mil habitantes no norte da Itália, que, ao final da 2ª Guerra Mundial, se encontrava destruída. Tomados pela necessidade de reconstrução e o desejo de uma nova vida, os cidadãos do local decidiram que a melhor forma de recomeçar seria construindo uma escola com as próprias mãos, usando detritos do que existia antes dos confrontos.
 
Mas não parou por aí. De lá para cá, surgiram 33 centros de educação infantil com o mesmo ideal. O pilar educacional, que unia todos eles, foi cuidadosamente criado, aprofundado e lapidado com o decorrer dos anos, baseado na reedificação social de um povo solidário que teve muitos prejuízos por causa da falta de empatia do próprio homem.
 
Hoje, o município é uma referência mundial quando o assunto é educação infantil. A primeira infância é considerada a base que definirá o quê e quem o indivíduo irá se tornar. Adepto desses conceitos, o Colégio Nacional organizou na última semana o Seminário com Educadores de Reggio Emilia, com o tema Currículo, Continuidade e Planejamento de um Ano Novo Letivo, trazendo a pedagogista e a atelierista das escolas para a infância de Reggio Emilia, Maddalena Tedeschi e Luisa Costi, respectivamente. Elas palestraram sobre os conceitos relativos à Pedagogia da Escuta e os princípios éticos, estéticos e políticos, que são fundamentais no regimento do trabalho com as crianças. 
 
Entre as discussões realizadas, houve a constatação de importantes conquistas, como o reconhecimento da comunidade escolar em relação ao valor da proposta educacional. Os pais, aos poucos, estão se tornando mais participativos, os materiais  estruturados estão perdendo lugar para os materiais não estruturados e os professores estão mais seguros quanto às suas intervenções em sala de aula. 
 
O evento foi voltado para professores, coordenadores e outros profissionais da Educação Infantil de Uberlândia e região. De acordo com Cleide Cabral, coordenadora pedagógica do Colégio Nacional, o encontro representou a busca da instituição pela autonomia, cidadania, historicidade, competências e habilidades. Através do ‘Programa Educacional – Tem Jeito Sim, nosso colégio busca ao longo dos anos desenvolver esses quesitos.
 
Na Educação Infantil, o Projeto ‘Eu’, aproxima-se da Pedagogia da Escuta e dos referenciais apontados pelos educadores de Reggio Emilia, na busca pela garantia dos direitos das crianças através de um ambiente acolhedor e estimulador que provoque experiências concretas e significativas. O educador, nessa concepção, passa a ser parceiro nas descobertas e na construção de saberes.
 
O Seminário é promovido anualmente pela RedSolare em diversas regiões do país e este ano foi realizado em parceria com o Colégio Nacional. A RedSolare é uma rede de articulação e difusão das ideias da prática educativa de Reggio Emilia, em defesa de uma cultura mundial da infância numa perspectiva integral, integrada e de intercâmbios reais entre estados brasileiros e países da América Latina. Sua coordenadora geral no Brasil, Marília Dourado, contribuiu com intervenções importantes para melhoria no trabalho realizado pelo Colégio Nacional com a Infância.
 
 
Confira fotos do evento: