Tem jeito sim - #NãoAceiteBullying

Banner 650-300 - TEM JEITO SIM BullyingNos últimos anos, o bullying tem sido um assunto bastante discutido pela sociedade. Quando alguém humilha ou agride constantemente outra pessoa, seja verbal, fisicamente, ou até mesmo através da internet, ela pode estar praticando o bullying . Essas situações são mais comuns entre crianças e adolescentes e, por esse motivo, acontece com maior incidência no ambiente escolar. Pensando por esse lado, quais ações as escolas propõem para alertar as pessoas sobre os perigos dessa prática?

 Sentindo a necessidade de conscientizar seus alunos, o Colégio Nacional decidiu promover uma campanha para que o tema entrasse em discussão. Nossa intenção é esclarecer jovens e adultos sobre essa prática, explicar quais são suas consequências e apontar os meios mais eficazes de combatê-lo.  Veja mais detalhes : http://migre.me/n6AkL 

Além disso, o bullying é fruto da intolerância e do desrespeito à diversidade. Causa danos emocionais que dificilmente se reparam por completo ao longo da vida de quem se torna vítima, podendo inclusive levar ao suicídio, em casos mais extremos. Alimentar o bullying é contribuir para uma sociedade mais intolerante e menos humana.

Devemos nos unir por essa causa! O papel da escola é promover espaços de interação e debater sobre o tema, como campanhas de conscientização e conversas em sala de aula, além de demonstrar apoio aos alunos, oferecendo um ambiente sempre aberto ao diálogo. Aos pais, cabe o dever acompanhar de perto a vida de seus filhos, estando atentos a quaisquer mudanças de comportamento que possam indicar a presença do bullying em suas vidas, seja para o perfil da vítima ou do agressor. Os adultos devem entender que bullying não é “brincadeira de criança”.